2.11.08

Ana Salazar


Ana Salazar, fechou com chave de ouro o segundo dia de Refleshion, em Cascais.
A vanguardista criadora, abandonou o preto a que nos tinha habituado, e deixou-se contagiar a pelas cores.
Fortes, vibrantes, fluorescentes.
Linhas amplas, volumes e drapeados, surgem inesperadamente de uma enorme caixa forrada de papel, que uma modelo feminina puxava para o centro da passerelle, com a ajuda de quatro modelos masculinos.
Quando o papel é rasgado, as modelos, no seu interior, descem de um andaime de dois andares, numa explosão de cor, originalidade, e imaginação.

Sem comentários: