30.3.09

Alexandra Moura

dia 1

Inspirada por uma viagem a Africa que a fascinou, Alexandra Moura desenvolveu uma colecção minimalista, sóbria, em linhas direitas, através das quais tentou transmitir as silhuetas esguias dos nativos.

O preto surge como tendência dominante, entre cinza e estampados suaves.
Em contraste, surgem algumas peças vibrantes em tons de azul-esverdeado forte. Peças de alfaiataria descontruidas e reinventadas.

Os modelos exibiam a cabeça adornada por arranjos florais, num apontamento de exuberância em oposição à austeridade das roupas.

A maquiagem dos modelos, uma reprodução fiel das pinturas tribais.

3 comentários:

Éclairer disse...

Tenho que acabar a minha peça da Moda Lisboa, ainda me faltam 3 designers. Gosto da maneira como escreves.

Pepa Xavier disse...

Era eu...lol

choogal disse...

Ando a acompanhar as tuas reportagens no Hiper, daí não comentar estes posts agora :) estão todos tão completos e excelentes, parabéns !

xoxo